Gestão de Mudanças

Desafios Após a Certificação em Gestão de Mudanças

Como profissionais de gestão de mudanças, estamos constantemente lembrando nossos colegas, clientes e líderes de que a eficácia da disciplina não começa e termina em uma sala de aula. O desenvolvimento efetivo de competências requer tempo e ação antes e após cada treinamento.

A parte engraçada de tudo… os praticantes de gestão de mudanças são os primeiros a esquecer isso quando se trata da sua própria experiência. Pense em seu primeiro treinamento do assunto. Você deixou seu programa animado e carregado com novas ferramentas e abordagens para aumentar a probabilidade de sucesso em seu projeto. Você estava pronto para ir… ou pelo menos você pensou que estivesse. É provável que não tenha demorado para perceber que ter conhecimento é apenas parte da equação. Nos meses seguintes à sua experiência na certificação, a aplicação da gestão de mudanças nas realidades de sua organização provavelmente revelou novas oportunidades e desafios.

Aqui estão cinco lições importantes dos praticantes de gestão de mudanças – e as muitas perguntas que aprenderam a fazer – uma vez que passaram da aprendizagem de conceitos no Programa de Certificação Internacional em Gestão de Mudanças Prosci para a aplicação em suas organizações.

1. HÁ TRABALHO A SER FEITO ANTES DE VOCÊ COMEÇAR A APLICAR A GESTÃO DE MUDANÇAS

No Programa de Certificação Internacional em Gestão de Mudanças  Prosci, iniciamos nosso trabalho sob o pressuposto de que uma solução claramente articulada e bem definida espera por você. Nós nos concentramos no que você faz quando é colocado em um projeto como profissional de gestão de mudanças. A verdade é que nem todo projeto foi perfeitamente estruturado ou bem articulado.

Se esse for um desafio que você enfrenta, saiba que há duas coisas que precisam acontecer antes de começar a planejar e executar as atividades de gestão de mudanças: desenho da solução e definição da mudança.

As pesquisas da Prosci mostram que quanto mais cedo você estiver envolvido, melhor, insistindo para garantir um “assento na mesa” do projeto. Se a sua cultura ou estrutura organizacional não permitir isso, existem perguntas específicas que podem ser feitas, como as que você encontrará nos fatores da mudança que geram ROI, para garantir que esteja totalmente ciente dos objetivos e resultados do projeto conforme foram articulados pela liderança e pela equipe. E se eles não foram definidos, você está fazendo um favor a todos ao questionar.

2. A SATURAÇÃO DE MUDANÇAS  MUDA TUDO

A Pesquisa de Melhores Práticas em Gestão de Mudanças da Prosci  revelou que 78% dos participantes listaram sua organização como próximo ou já ultrapassando o ponto de saturação de mudanças. A saturação é algo que toda empresa lida, e cada uma precisa abordá-la de maneira diferente, dadas as expectativas, a cultura e outras características específicas.

Se não for tratada, a saturação de mudanças pode reduzir os recursos necessários para implementar a mudança, o que trará resultados menores de projeto ou até mesmo projetos com falha. Como gestor de mudanças, a realidade da saturação significa que você precisa considerar se sua organização está pronta para outras mudanças e quais já estão acontecendo. Ter a consciência geral das seguintes perguntas é o primeiro passo:

  • Quais outras pequenas e grandes mudanças estão acontecendo?
  • Qual é o tamanho do impacto dessas mudanças nas pessoas?
  • Como estão os prazos para as mudanças?
  • Como elas estão acontecendo?

Se a saturação de mudanças é uma preocupação, o primeiro passo é conscientizar a liderança. Se a decisão é seguir em frente, o segundo passo é entender as restrições que serão colocadas em seu projeto e ajustar a sua abordagem.

Precisa de mais? O Modelo de Saturação de Gestão de Mudanças da Prosci (veja a imagem à esquerda) ajuda a avaliar o nível de saturação em sua empresa. Você também pode obter insights exclusivos ao discutir o assunto com outros profissionais da área. Saiba o que eles fizeram e como isso os ajudou ou prejudicou em seus esforços.

3. A INTEGRAÇÃO DA GESTÃO DE MUDANÇAS E DA GESTÃO DE PROJETOS PODE SER DIFÍCIL

Não seria legal se tudo viesse junto e a integração dos planos de gestão de mudanças e gestão de projetos fosse perfeita? Na realidade, sabemos que nem sempre é o caso. A maioria das organizações – mas nem todas – tem uma abordagem de gestão de projetos. Com base na maturidade da gestão de projetos e de mudanças, as prioridades das equipes podem entrar em conflito.

Não desanime! Ao se deparar com uma oportunidade particularmente difícil na integração, lembre-se (e talvez relembre os colegas) de que as duas são disciplinas complementares que trabalham para um objetivo comum. Para obter dicas práticas sobre o que faz a integração funcionar, leia nosso artigo sobre como integrar a gestão de mudanças com a gestão de projetos.

4. O PATROCÍNIO É O OBSTÁCULO NÚMERO UM PARA O SUCESSO

Quando você começa a aprender sobre a gestão de mudanças, você pode ter a suposição de que seu projeto tem um patrocinador e que ele é o certo. Você pode logo perceber que raramente terá um cenário tão simples. Em vez disso, você poderia ser colocado em projetos com vários sponsors, nenhum dos quais realmente têm a capacidade de patrocinar adequadamente o projeto. Ou talvez você trabalhe em uma organização matricial com uma estrutura complexa.

Organizações matriciais e vários sponsors certamente aumentam a complexidade do trabalho de gestão de mudanças. No entanto, ainda há boas notícias: os comportamentos que você precisa de um patrocinador, como você os engaja e os apoia não mudam. Seja trabalhando com um ou cinco, lembre-se do básico – de como é um bom patrocínio.

5. O SUCESSO É LIMITADO SE VOCÊ NÃO TIVER ORÇAMENTO E RECURSOS

É fácil envolver-se em todo o planejamento para a gestão de mudanças e avançar nessa etapa crucial. Todo o plano pode ser em vão sem o tempo, recursos e dinheiro necessários para ser executado.

Então, o que você pode fazer para obter os recursos que precisa? Como ainda pode ter sucesso com recursos limitados? Comece concentrando-se em um business case de Gestão de Mudanças e aprenda a articular o investimento do ROI que você está solicitando. Ser claro e conciso sobre esses dois elementos antecipadamente pode ajudar a garantir que você obtenha o suporte adequado que precisa.

COMO VOCÊ PODE PREPARAR E SUPERAR ESSES DESAFIOS DA MANEIRA MAIS SIGNIFICATIVA?

Esses desafios são frequentemente a nossa realidade, mas também podem ser superados. As complexidades podem ser o que tornam a gestão de mudanças tão satisfatória. Organizações e mudanças são confusas. A compreensão única de sua empresa e peculiaridades podem realmente fazer a diferença. Atravessar as dificuldades para ver novos benefícios obtidos com a mudança bem-sucedida é uma das experiências mais gratificantes.

A Prosci sabe que os melhores profissionais de gestão de mudanças são aqueles que podem “pensar fora da caixa” e aqueles que colaboram uns com os outros.

Deixe um comentário